Seguidores

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

TRABALHO E FÉ

HAJA VISTA QUE MESMO EM SILÊNCIO, BUSCANDO APRIMORAMENTO NA DOR (QUE NEM DOR ERA AO SER DESCOBERTA), A DIGNIDADE PREVALECE E COMEÇAM A NASCER FLORES DAS FERIDAS (QUE NEM FERIDAS ERAM AO SER CICATRIZADAS). AINDA HÁ DE BROTAREM ESPINHOS, DO CONTRÁRIO NÃO TERIA GRAÇA CONTINUAR, MAS A PERSEVERANÇA, A FÉ NO FAZER TEATRAL, A HUMILDADE DE NÃO SABER MESMO SABENDO E NÃO IMPOR NADA QUE NÃO SEJA GENUINO, CAVAM A TERRA COMO UNHAS GIGANTES E DÃO À FOME O ALIMENTO NECESSÁRIO. NEM PRECISA SER EM ABUNDÂNCIA, BASTA PARA A SOBREVIVÊNCIA. NENHUMA CRÍTICA, NENHUM CONTRATEMPO, NENHUMA MÁGOA INSTAURADA E TAMBÉM NENHUM PERDÃO, POIS QUE NÃO SE PERDOA O QUE NÃO FERIU. APENAS O TEMPO E SUAS CURAS, O TEMPO E SEUS MAPAS VISCERAIS... O TEMPO. SOMENTE ALGUÉM QUE DESCOBRIU O SILÊNCIO PODE ACREDITAR NA VITÓRIA.

A volta de M U L H E R E S da S I L V A

TODOS OS SÁBADOS DE MARÇO, 21H -
M U L H E R E S DA S I L V A
- NO NTQ (ar refrigerado)

ANTÔNIOS

DIA 10 DE MARÇO, 20H, TEATRO MUNICIPAL , "ANTÔNIOS". SESSÃO AJUDA DE CUSTOS PARA A VIAGEM FESTIVAL DE CURITIBA."

Quem sou eu

Minha foto
ribeirão preto, são paulo, Brazil
CELULAR - 16 9147 9958 DRT 18 886 SP